Quando éramos pequenos, nossos pais embalavam nossas noites com doces histórias de fadas e princesas. Mas agora já somos crescidos e chegou a hora de vermos toda a crueldade e malícia que há entre o “Era uma vez” e o “felizes para sempre!” que as fadas tentaram esconder. Afinal, se as histórias infantis são repletas de fantasia, os contos para adultos podem ser sujos e surpreendentes, como a própria vida.

guazelli mandalaTodo mundo conhece um conto de fadas de Perrault, geralmente em sua versão “amenizada”, transformada em história de princesa que encontra seu príncipe e vive feliz para sempre. Mas algumas histórias não se podem adocicar, não sem mudar completamente seu enredo. Barba Azul é uma delas. Era uma vez um homem aparentemente incompreendido por todos. Seu único pecado, ao que parece, é ser dono de uma barba literalmente azul. Ah, e claro: todas as mulheres com quem já se casou desapareceram sem deixar vestígios. (leia mais…)

carlos4Todos nós já conhecemos a madrasta e o espelho mágico, a jovem princesa e os setes anões. O que não sabemos é como a vaidade e o egoísmo condenam Branca de Neve muito mais do que a inocência; como o desejo embriaga o príncipe nada encantado e como os sete anões não eram tão bonzinhos assim. Esta versão de Branca de Neve vai revelar que esse conto nada mais é do que a disputa entre duas mulheres pelo título de mais bela e pela vingança mais cruel. (leia mais…)

jozz5A história de A Bela e a Fera, como conto de fadas infantil, é uma das mais conhecidas mundialmente e dificilmente precisaria de uma orelha explicativa. Porém, poucos conhecem a versão estendida, desprovida das músicas e louças falantes do Walt Disney, além da origem da fábula e suas primeiras interpretações. (leia mais…)

mario8O quarto volume da coleção (a)moral da história traz uma versão de Pele de Asno, um conto que, apesar de não ser tão popular quanto tantos outros presentes em nossa infância, apresenta uma narrativa envolvente e uma trama polêmica, sendo de fato uma leitura  impressionante para adultos e pouco aconselhável para embalar o sono das crianças. (leia mais…)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.